Advertisement

Image Map

[Resenha] Frozen: um coração congelado.

[Resenha] Frozen: um coração congelado:


Livro: Frozen: um coração congelado.
Autora: Elizabeth Rudnick
Ano de Lançamento: 2016
Número de Páginas: 320
Editora: Universo dos livros
Classificação: 









Sinopse:  
O amor é uma porta aberta, ou pelo menos era nisso que Anna acreditava. “Frozen - Um Coração Congelado” conta a história de uma jovem e solitária princesa chamada Anna, que esteve isolada do mundo por boa parte de sua vida. Até que, certo dia, ela encontra o belo príncipe Hans, e por ele se apaixona. A princípio, parece que os sonhos de Anna finalmente se tornaram realidade. Afinal, pelo menos ela achou alguém para amar. Porém, assim que as reais motivações de Hans vêm à tona, o conto de fadas começa a desmoronar e Anna descobre que o amor verdadeiro é mais poderoso do que ela poderia imaginar.

Sobre o Livro:

Se eu já era apaixonada por está linda história do filme:  Frozen, agora me apaixono ainda mais a cada segundo de leitura. Este lançamento da editora Universo dos livros nos mostra uma nova perspectiva e muita história por trás de alguns acontecimentos no filme, dando resposta e completando o quebra cabeça. O livro é dividido entre Ana e Hans, contando assim por um lado as lembranças de Ana, expondo seus sentimentos, como foram os dias sem Elsa e por outro lado nos fazendo conhecer mais sobre o príncipe Hans,o tipo de pessoa que ele era, porque ele fez tudo aquilo e como nasceu seu desejo pela coroa. Achei maravilhoso a história ter se desenvolvido mostrando esses dois lados, pois podemos entender dois ponto de vista diferentes e ao  mesmo tempo se sentimos mais  próximos dos personagens.A autora nos faz mergulhar em cada detalhe de toda está aventura e história maravilhosa.


A capa do livro é linda e não tem coração congelado que resista,achei de uma delicadeza e representou bem a história e a visão que o livro quer passar. A autora Elizabeth Rudnick , já foi responsável por adaptar também os livros: Malévola e Oz- mágico e poderoso, então já nos deixa com expectativas.

O livro não deixa pontas soltas, é de uma leitura leve e rapidinha que te faz querer ler mais lentamente para que não acabe logo e satisfaz bem todas as expectativas.

[Resenha] A Fera em Mim.

[Resenha] A Fera em Mim:



Livro: A fera em mim
Autora: Serena Valentino
Ano de Lançamento: 2016
Número de Páginas: 192
Editora: Universo dos Livros
Classificação: 









Sinopse:  
Um príncipe amaldiçoado se isola em seu castelo. Poucos o viram, mas aqueles que conseguiram tal proeza afirmam que seus pelos são exagerados e suas garras são afiadas - como as de uma fera! No entanto, o que levou esse príncipe, que já foi encantador e amado por seu povo, a se tornar um monstro tão retraído e amargo? Será que ele conseguirá encontrar o amor verdadeiro e pôr um fim à maldição que lhe foi lançada? Em A fera em mim, conheça a história por trás de um dos mais cativantes e populares contos Disney de todos os tempos- A Bela e a Fera!

 Sobre o Livro: 

A autora Serena Valentino escreveu a série: vilões, em que conta as histórias por trás dos vilões mas marcantes da Disney, onde podemos ter respostas para algumas coisas que passam despercebidas ou não se atentamos tanto no livro ou nos filmes, através destes livros podemos mergulhar mais a fundo e entender tudo o que aconteceu ou porque chegaram ao ponto inicial de cada uma de suas histórias da Disney. A fera em mim é o segundo livro desta série, é narrado em terceira pessoa e mesmo assim se sentimos próximos do príncipe, como se ele contasse cada cena . O livro tem uma leitura leve, simples e rapidinha, deixando um gostinho de quero mais no final e uma vontade enorme de reler. Os capítulos são curtinhos e vão direto ao ponto, podemos perceber os pensamentos do príncipe, como ele era, seus dias antes da maldição e como ou porque se transformou em tal fera. O livro não deixou nenhuma ponta solta e deu todas as respostas que surgiram com nossa curiosidade.

A capa é linda e temos o rosto da fera na frente e atras do livro na parte da sinopse encontramos a pintura com o rosto do príncipe antes da transformação. O livro é rapidinho, mas não diminui sua beleza...tão linda quanto a rosa (simbolo da maldição e de toda a história). A mensagem de que o amor pode transformar tão profundamente e de que as coisas nem sempre são o que parecem, nos faz viajar nas cenas e nos transborda de vontade de ver o filme e reler o livro outra e outra vez.  A bela e a fera é meu conto favorito da Disney, então não teria como eu achar este livro maravilhoso já que atendeu bem as expectativas e me fez relembrar de uma das histórias mais belas de minha infância .



Lançamento Editora Illuminare:


 Lançamento :



QUARTA-FEIRA, 15 DE junho DE 2016
Tipo: Biografia
Livro: Agatha Christie From My Heart
Editora: Illuminare
Pontuação: ♥ ♥ ♥  ( esperando o lançamento)

Agatha Christie, foi uma romancista policial britânica, autora de mais de oitenta livros. Seus livros são um dos mais traduzidos de todo o planeta, superados apenas pela bíblia e pelas obras de Shakespeare, com mais de 4 bilhões de copias vendidas em diversas línguas.

Conhecida como Duquesa da Morte, Rainha do Crime, dentre outros títulos, Agatha criou os famosos personagens: Hercule Poirot, Miss Marple, Tommy e Tuppence Beresford e Parker Pyne, entre outros.





 "A Editora Illuminare tem a alegria de comunicar um de seus próximos lançamentos:
"Agatha Christie From My Heart" 

Primeira Biografia Autorizada em Língua Portuguesa da Dama do Crime!
Do pesquisador literário Tito Prates, que agora é nosso novo autor contratado Illuminare.

Visite a fanpage oficial desse livro e conheça mais dessa história.https://www.facebook.com/agathachristiefrommyheart/

Literatura policial e suspense: portas abertas.
Editora Illuminare e Selo Serial Killers: destacando novos e históricos talentoswww.editorailluminare.com.br"


O livro será lançado na Bienal, dia 31 de agosto, as 19:00 no estante M69.
E dia 10 de setembro teremos uma sessão de autógrafos exclusiva na Livraria Martins Fontes em São Paulo.


Destaque Literário 2016 - Editora Illuminare:





Caleidoscópio:
Autora: Mayara Barros
Editora: Illuminare
Pontuação: 
Sinopse:
Uma coletânea de contos onde as sensações, a criatividade, as cores e os mais profundos sentimentos são expostos em palavras e personagens.
Contos para ler, viver e refletir.
Pré-venda em breve!








Bienal do Livro de São Paulo & Editora IlluminareDestacando Novos Talentos e abrindo novos caminhos na Literatura.Venha conhecer quem divulga e destaca novos autores.










Coisas de menino:
Autor:  Biomédico e Escritor Alexandre Braoios 
Editora: Illuminare
Pontuação: ♥ ♥ ♥ 

Sinopse: 
A história de um menino que teve uma infância comum, a não ser por um dia fatídico onde o abuso sexual de um adulto mudou sua forma de ver a vida.
Essa experiência foi o catalisador de uma série de acontecimentos tensos, sentimentais, profundos e verdadeiros na vida do pequeno menino.
"Coisas de menino" é um romance profundo, baseado em uma história real, que aborda o abuso sexual infantil de forma clara, dramática mas também realista e sentimental.
Um romance a ser lido e refletido.

[Resenha] Alice No País Das Maravilhas.

[Resenha] Alice No País Das Maravilhas:


ISBN: Alice no País das Maravilhas
Tradução: Lewis Carrol
Ano de Lançamento: 2014
Número de Páginas: 108
Editora: Universo dos Livros
Classificação: 







Sinopse: 
Alice no País das Maravilhas conta as aventuras de uma menina comum em um mundo nada óbvio. Lá, ela aumenta e diminui de tamanho, participa de uma esquisita cerimônia do chá e faz amigos perturbadores, como o Chapeleiro Maluco, a Rainha de Copas e o risonho Gato de Cheshire. Um novo olhar sobre a obra-prima da fantasia e do nonsense, enriquecido com ilustrações que combinam poesia com uma boa dose de irreverência. O resultado é um casamento perfeito entre um dos maiores clássicos da literatura mundial e um trabalho artístico com a cara do século 21, assinado pela talentosa ilustradora paulistana Luciana Ruivo. 




Sobre o Livro:
A história da pequena Alice, que como uma garotinha curiosa acabou seguindo um coelho e caindo numa toca, já foi contada de diversas formas e está é uma delas. Apesar de ter sido escrita e reescrita de formas diferente a história de Alice é apaixonante não deixa de nos surpreender e encantar, os personagens são incríveis e sempre tem algum diferencial como um ás nas mangas. Ao cair lentamente na toca, Alice se encontra em uma sala onde ver o coelho sempre apressado passando por uma pequena porta que dará em um jardim. Alice não deixa de lado sua curiosidade e decide sim ir atras do coelho e descobrir mais sobre o lugar onde está. A garotinha passa por vários desafios e apesar da pouca idade percebemos a força, magia e criatividade de uma criança, deixando nossa protagonista única e registrada para sempre em nossos corações. A bela desta historia e deste livro é tão grande que amamos vários personagens ao mesmo tempo e não deixamos nenhum deles de lado, como o chapeleiro maluco, o misterioso gato com seu sorriso enorme, entre outros.

O livro é fininho, rapidinho de ler e sua leitura é leve e divertida. O universo de Alice é mágico, tem uma narrativa bastante fluida e de fácil entendimento para todas as idades . Todos os personagens enriquecem bastante da história, cada um com sua unicidade incrível , que te faz querer mergulhar mais na história de cada um deles. O livro tem essa capa linda, chamativa, viva e muito bem acabada, as ilustrações do livro também tem seu diferencial nos traços e na forma de cada personagem. 

Frases do Livro:


O Coelho Branco colocou seus óculos.- Por onde devo começar, se Vossa Majestade permite?, ele perguntou.- Comece pelo começo, disse o Rei commuita gravidade, e siga até o fim: daí, pare.

“Não é a mesma coisa nada!”, disse o Chapeleiro. “Senão você também poderia dizer”, completou a Lebre de Março, “que ‘Eu gosto daquilo que tenho’ é a mesma coisa que ‘Eu tenho aquilo que gosto.’.



[Resenha] A última carta de amor.

[Resenha] A última carta de amor:


Livro: A última cartade amor
Autora:  Jojo Moyes
Ano de Lançamento: 2012
Número de Páginas: 384
Editora: Intrínseca
Classificação: 











Sinopse: 

Londres, 1960. Ao acordar em um hospital após um acidente de carro, Jennifer Stirling não consegue se lembrar de nada. Novamente em casa, com o marido, ela tenta sem sucesso recuperar a memória de sua antiga vida. Por mais que todos à sua volta pareçam atenciosos e amáveis, Jennifer sente que alguma coisa está faltando. É então que ela descobre uma série de cartas de amor escondidas, endereçadas a ela e assinadas apenas por “B”, e percebe que não só estava vivendo um romance fora do casamento como também parecia disposta a arriscar tudo para ficar com seu amante.

Quatro décadas depois, a jornalista Ellie Haworth encontra uma dessas cartas endereçadas a Jennifer durante uma pesquisa nos arquivos do jornal em que trabalha. Obcecada pela ideia de reunir os protagonistas desse amor proibido — em parte por estar ela mesma envolvida com um homem casado —, Ellie começa a procurar por “B”, e nem desconfia que, ao fazer isso, talvez encontre uma solução para os problemas de seu próprio relacionamento.

Com personagens realísticos complexos e uma trama bem-elaborada, A última carta de amor entrelaça as histórias de paixão, adultério e perda de Ellie e Jennifer. Um livro comovente e irremediavelmente romântico.

Sobre o Livro:
Ellie Haworth é uma das nossas protagonistas, ela é uma jornalista que vive no ano de 2003 e ao procurar uma matéria no arquio do jornal encontra uma carta de amor. Ellie é independente e vive uma fase difícil onde se encontra apaixonada por um homem casado, acreditando que este é infeliz no casamento e largará tudo para corresponder esse amor...e isto já foi suficiente para Ellie mergulhar de cabeça nesta carta, procurar por outras em busca de saber quem eram essas pessoas e o desfecho deste amor arrebatador. 
Então  livro intercala para o ano de 1960 onde conhecemos nossa outra protagonista, Jennifer Stirling que ao acordar em um hospital descobre que sofreu um grave acidente onde perdeu sua memoria. Jennifer é forte que descobre ter um marido e uma vida perfeita aos olhos da sociedade, porem sente que algo importante está faltando e deixando um enorme vazio. As duvidas de Jennifer não vão demorar muito pois ela achará uma carta,simples, tocante e cheia de amor. Jennifer correrá atras de outras cartas buscando por lembranças para reencontrar o verdadeiro amor de sua vida. 
O livro então começa a intercalar entre antes do acidente de Jennifer e sua vida atual, então começamos a ligar os pontos e achar respostas. Ellie em seu ano 2003 se pega com duvidas sobre seu caso e se é realmente isto que ela quer ou merece. A escrita de Jojo Moyes é incrivel e nos envolve cada vez mais, as duas protagonistas são mulheres fortes, inteligentes que são muitas vezes subestimadas mas ao mesmo tempo que elas tem uma delicadeza encantadora elas tem uma grande força(como já citado) e motivações. O livro ressalta uma época em que as mulheres ainda não tinham sua independência e tinha o esteriótipo de que deviam ser bem casadas com um bom partido, cuidar da casa, fazer o seu marido feliz e de que só serviriam para isto. Achei que este fator enriqueceu a história de Jennifer pois vemos que mesmo em um tempo repressor ela teve uma força enorme para passar por tudo que passou e percebemos uma beleza grandiosa nesta personagem por ela arriscar tudo por este amor, nos deixando aflitas e torcendo muito para que der certo está linda história. Como as historias se ligam são de uma unicidade maravilhosa.
Fora estes fatores percebemos o quando a comunicação com quem amamos faz falta e uma grande diferença. A comunicação mudou sim de uma forma arrebatadora a vida destes personagens e modificou muitos planos. A capa do livro está delicada, a fotografia de cartas envolvidas por um laços nos leva a uma época incrível e nos traz uma beleza única e o diferencial de em cada capitulo termos uma carta de outras pessoas (anonimas) deixou o livro nos fazendo suspirar.
Frases do Livro:
Se eu me permitisse amar você, isso me consumiria. Só existiria você. Eu viveria com medo de que você pudesse mudar de ideia. E, se isso acontecesse, eu morreria.
Se tudo o que nos é permitido são horas, minutos, quero ser capaz de gravar cada um deles na memória com perfeita clareza para poder recordá-los em momentos como este, quando minha alma está sombria.
Mas de repente me dei conta, (...), que ter alguém que nos entenda, que nos deseje, que nos veja como uma versão melhorada de nós mesmos é o presente mais incrível. Mesmo que não estejamos juntos, saber que, para você, eu sou este homem é uma fonte de vida para mim.
Certa vez uma pessoa sábia me disse que escrever é perigoso pois nem sempre podemos garantir que nossas palavras serão lidas no espírito em que foram escritas...


Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger