slide 2

8 de abril de 2016

[Resenha] A Verdadeira Bela.

[Resenha] A verdadeira Bela:



Livro: A verdadeira Bela
Autora: Li Mendi
Ano de Lançamento: 2013
Número de Páginas: 159
Editora: Editora Highlands
Classificação: 











Sinopse:

Nicole está prestes a entrar para uma agência de publicidade famosa e lá enfrentará o conflito entre a auto-imagem e a visão distorcida dos seus colegas a seu respeito. A pressão psicológica que acontece com bullying nas redes sociais será vencida por um grande amor, que surge para fortalecê-la e protegê-la de todos os preconceitos.

Fernando é admirado por seu dinheiro e poder, mas, no fundo, luta contra uma secreta baixa auto-estima. Com medo da própria imagem que forma no olhar do outro, ele se critica e se fecha. Até que um dia seu caminho se choca com o de Nicole e os dois aprendem juntos que o amor não é cego. Ele vê com clareza o que nem todos veem: a verdadeira beleza completa do ser amado.

Com muito bom humor, este livro irá tomá-lo do começo ao fim e envolvê-lo em uma estória que fala de um homem tentando entender o seu passado e de uma garota lutando pelo seu futuro. De repente, os dois se veem um de frente para o outro e descobrem a essência de um amor eterno.


Sobre o Livro:


O livro é narrado em  primeira pessoa e temos Nicole e Fernando como nossos protagonistas. Temos o detalhe da história ser contada por  Nicole e também por Fernando dando um toque único ao livro, pois podemos observar e entender os dois lados e isto nos revela muitas coisas. É um livro que tem muito romance, é leve e também muito engraçado (não consegui parar de ler ! ). Desde a primeira página já mergulhamos e nos prendemos na história da atrapalhada Nicole que tem como o dia mais importante a sua entrevista de emprego na empresa True-B e por um acaso do destino ela acaba se esbarrando com um prato de estrogonofe em Fernando na praça de alimentação. Apesar desse imprevisto Nicole e Fernando percebem uma ligação intensa que parece transcender de outras vidas.

A forma que Li Mendi escreveu o livro nos mostrando o lado dos dois personagens e eles interagirem com os leitores nos prende a atenção de uma forma simples e divertida. O livro é lindo e também aborda casos importantes como o bullying nas redes sociais. Posso acrescentar que a história cumpre o que promete, é bem-humorado, é um nacional que nos cativa e eu super recomendo.



[Resenha] Se você me chamar eu largo tudo... mas por favor me chame.

[Resenha] Se você me chamar eu largo tudo...Mas por favor me chame:



Livro: Se você me chamar eu largo tudo...Mas por favor me chame.
Autor: Albert Espinosa
Ano de Lançamento: 2015
Número de Páginas: 154
Editora: Verus
Classificação: 










Sinopse:

Um homem revive seus dias de menino em busca de si mesmo. Uma história terna e emocionante de perdas, ganhos e aprendizados.

Dani se dedica a procurar crianças desaparecidas. No mesmo instante em que sua mulher faz as malas para ir embora de casa, ele recebe o telefonema de um pai desesperado lhe pedindo ajuda para encontrar seu filho. O caso o levará a Capri, onde virão à tona lembranças de sua infância e das duas pessoas que mais o marcaram: o afetuoso sr. Martín e o forte George. O reencontro com o passado levará Dani a profundas reflexões sobre sua vida, a história de amor com sua esposa e as coisas que realmente importam.

Se você me chamar eu largo tudo... mas por favor me chame é um livro forte e ao mesmo tempo delicado, que vai permanecer com o leitor muito depois que ele virar a última página. 


Sobre o livro:

O livro inicia com o rompimento de Dani e sua esposa, o fazendo lembrar e trazendo a tona as pessoas importantes que conheceu (as perolas de sua vida), suas vivencias e tudo de valioso que aprendeu e o levará a construir o seu caminho. Ele então conta o que aconteceu em sua vida e explica também  o por que seu relacionamento chegou a tal ponto. O livro é narrado em primeira pessoa e Dani é o nosso personagem principal que teve problemas na infância com relação a seu tamanho e a perda dos pais .O título é de uma música espanhola e me surpreendeu pois o livro é muito mais do que o titulo te faz imaginar, suas técnicas literárias chamam a atenção do leitor por sua simplicidade e nos prende na história com sua imensa beleza . O personagem é forte e podemos observar que ao mesmo tempo que busca sua felicidade e se encontrar, ele cresce e nos leva a reflexão. O livro é repleto de frases delicadas, de grande significado e de uma beleza única. A arte da capa é maravilhosa, os capítulos são curtinhos tornando a leitura leve e rápida.





Frases do livro:


“E não disse nada, porque, quando você passa anos aceitando que sua vida é o que acontece com você e não o que você cria... lamentavelmente acaba se acostumando.” 

"Amar só se pode conjugar no passado. Eu amei… Querer é no presente, amar é no passado."

"A felicidade não existe, Dani. Só existe ser feliz a cada dia."

“Quem dera sempre tentássemos entender as pessoas antes de julgá-las. E quem dera as pessoas fossem capazes de ser honestas e nos contar sua vida para que pudéssemos valorizá-las com compreensão.” 


7 de abril de 2016

[Resenha] Pó de Lua.

[Resenha] Pó de Lua:



Livro: Pó de Luan
Autora: Clarice Freire
Ano de Lançamento: 2014
Número de Páginas: 192
Editora: Intrínseca
Classificação: 











Sinopse:

Em 2011, discretamente, a publicitária Clarice Freire criou no Facebook uma página para reunir seus escritos e desenhos. Batizou-a como 'Pó de Lua', sua receita infalível 'para tirar a gravidade das coisas'. Desde então, ela vem conquistando uma legião de fãs fiéis e engajados, que se encantaram com a delicadeza de seus pensamentos, seu humor sutil e o traço despretensioso, que combina desenho e até fragmentos de palavras. Entre eles, estão personalidades como a atriz Grazi Massafera e a apresentadora Ticiane Pinheiro. Da internet para as páginas de um livro, foi mais um salto para a jovem autora recifense. Ela surpreende seus admiradores com uma proposta diferente. Pó de lua, o livro, tem o formato de um dos cadernos moleskine em que Clarice exercita sua criatividade. Inspirada pelas quatro fases da lua - minguante, nova, crescente e cheia - ela trata em frases concisas e certeiras de sentimentos como a saudade, o medo, a paixão e a alegria, sempre em sua caligrafia característica, ilustradas com muitos desenhos.


Sobre o livro:

De cara me interessei pela capa, achei os detalhes únicos e incríveis (a cor, o nome é interessante e etc). Confesso que não conhecia a poesia da Clarice Freire e me surpreendi bastante. O livro é fino e super rapidinho de ler, porém seus textos leves e de enorme delicadeza também nos proporciona reflexões importantes. O livro é dividido em quatro partes conforme as 4 fases da lua o poema nos mostra uma grandeza de sentimentos e a cada menagem passada vem ilustrações lindas, essa particularidade deixou o livro mais tocante, dando uma leveza maior e simplicidade a cada detalhe. Então é muito fácil de gostar e se envolver no seu poema.



Frases do livro:

"Um beijo apaixonado vem depois de dezenas apressados" - Pó de Lua.
"Tenho coisas tão gritantes a dizer que elas me calam. "  - Pó de Lua.
"Ela achava que andar sem rumo era poesia. E andar rumo a ela era tudo que ele fazia" - Pó de Lua.




6 de abril de 2016

[Resenha] Soul Love: A noite o céu é perfeito


[Resenha] Soul Love: A noite o céu é perfeito:


Livro: Soul love: a noite o céu é perfeito.
Tradução: Lynda Waterhouse
Ano de Lançamento: 2006
Número de Páginas: 208
Editora: Melhoramentos
Classificação: 











Sinopse:
Jenna não quer trair os amigos e não revelará o que se esconde por trás de sua expulsão do colégio, assumindo toda a culpa sozinha. Como castigo sua mãe a levou para passar algum tempo com uma tia numa tediosa cidadezinha do interior. É lá que Jenna encontra Gabe, um rapaz autêntico, melancólico e reservado. Completamente diferente de todas as outras pessoas ela conhece. É inevitável: Jenna se apaixona por ele. Será que Gabe é sua alma gêmea? Ele mostra a Jenna a beleza de um céu noturno sem nuvens, escuro, um contraste perfeito para o brilho das estrelas. E, em meio a livros, música, poesia e noites estreladas, o sentimento entre eles se torna cada vez mais forte. Mas Cleo, uma garota antipática que tem uma ligação muito estranha com Gabe, não está gostando nada desse romance. Afinal, ela não quer que ninguém mais saiba o grande segredo de Gabe...

Sobre o Livro:

Como citado na sinopse Jenna teve problemas no colégio e por assumir os atos dos amigos acabou sendo expulsa, gerando assim um problema de convivência com sua mãe,que acabou mandando-a passar as férias com sua tia. Jenna desde então se pega vivendo com sua tia Sarah em uma cidadezinha pacata, longe dos seus amigos, entediada e também tendo que da suporte a sua tia, que cuida de um sebo de livros e acabara de sair de um relacionamento. Porém o que Jenna não esperava é que seus dias não continuariam calmos por muito tempo e acabaria conhecendo Gabriel. Um menino misterioso,  apelidado por Gabe que esconde por trás de seu sorriso um segredo triste. Mas junto com Gabe veio também Cléo uma garota antipática ligada ao passado e presente de Gabe por esse mistério que os mantém bastante próximos. 

O livro é surpreendente e emocionante .A  capa é linda ( amei muito essa capa) e quando releio hoje em dia acho parecido com o livro: A culpa é das estrelas (lembrando que Soul Love foi escrito antes, em 2003). São histórias maravilhosas, de personagens fortes que te fazem olhar para as estrelas de uma forma diferente. Regado com músicas e um céu estrelado a história é linda, forte e tocante ( nos levando a lágrimas).


Frases do livro:

“Essa é uma das coisas que as pessoas não nos ensinam quando falam de crescer: como lidar com as dores que não passam com um beijo.”
 “Também não há limite de idade para encontrar o verdadeiro amor. O fato de eu ter só 15 anos quando conheci Gabe não significa que nossos sentimentos não fossem verdadeiros, nem que não pudéssemos fazer a coisa certa, por mais que tenhamos nos machucado.”