[Resenha] Se você me chamar eu largo tudo... mas por favor me chame.

[Resenha] Se você me chamar eu largo tudo...Mas por favor me chame:



Livro: Se você me chamar eu largo tudo...Mas por favor me chame.
Autor: Albert Espinosa
Ano de Lançamento: 2015
Número de Páginas: 154
Editora: Verus
Classificação: 










Sinopse:

Um homem revive seus dias de menino em busca de si mesmo. Uma história terna e emocionante de perdas, ganhos e aprendizados.

Dani se dedica a procurar crianças desaparecidas. No mesmo instante em que sua mulher faz as malas para ir embora de casa, ele recebe o telefonema de um pai desesperado lhe pedindo ajuda para encontrar seu filho. O caso o levará a Capri, onde virão à tona lembranças de sua infância e das duas pessoas que mais o marcaram: o afetuoso sr. Martín e o forte George. O reencontro com o passado levará Dani a profundas reflexões sobre sua vida, a história de amor com sua esposa e as coisas que realmente importam.

Se você me chamar eu largo tudo... mas por favor me chame é um livro forte e ao mesmo tempo delicado, que vai permanecer com o leitor muito depois que ele virar a última página. 


Sobre o livro:

O livro inicia com o rompimento de Dani e sua esposa, o fazendo lembrar e trazendo a tona as pessoas importantes que conheceu (as perolas de sua vida), suas vivencias e tudo de valioso que aprendeu e o levará a construir o seu caminho. Ele então conta o que aconteceu em sua vida e explica também  o por que seu relacionamento chegou a tal ponto. O livro é narrado em primeira pessoa e Dani é o nosso personagem principal que teve problemas na infância com relação a seu tamanho e a perda dos pais .O título é de uma música espanhola e me surpreendeu pois o livro é muito mais do que o titulo te faz imaginar, suas técnicas literárias chamam a atenção do leitor por sua simplicidade e nos prende na história com sua imensa beleza . O personagem é forte e podemos observar que ao mesmo tempo que busca sua felicidade e se encontrar, ele cresce e nos leva a reflexão. O livro é repleto de frases delicadas, de grande significado e de uma beleza única. A arte da capa é maravilhosa, os capítulos são curtinhos tornando a leitura leve e rápida.





Frases do livro:


“E não disse nada, porque, quando você passa anos aceitando que sua vida é o que acontece com você e não o que você cria... lamentavelmente acaba se acostumando.” 

"Amar só se pode conjugar no passado. Eu amei… Querer é no presente, amar é no passado."

"A felicidade não existe, Dani. Só existe ser feliz a cada dia."

“Quem dera sempre tentássemos entender as pessoas antes de julgá-las. E quem dera as pessoas fossem capazes de ser honestas e nos contar sua vida para que pudéssemos valorizá-las com compreensão.” 


Nenhum comentário

Postar um comentário

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger