Advertisement

Image Map

[Resenha] Olhos de Lázzuli.

[RESENHA] OLHOS DE LÁZZULI: 


Livro: Olhos de Lázzuli.
Autor: Paulo Vitor Vasconcellos
Ano de Lançamento: 2017
Número de Páginas: 228
Gênero: Infanto-juvenil | Fantasia | Ficção | Mistério
Editora: Scortecci
Livro cedido pelo autor.

Classificação: 
 Favoritado!






Sinopse:

Três anos após a morte de seu avô Guido, uma série de acontecimentos misteriosos levam a pequena Lázzuli, de 9 anos, a Sial, um mundo cheio de aventuras e perigos, como o das histórias contadas por ele. O desaparecimento da menina obriga seu pai, Yan , a retornar ao antigo casarão do velho Guido e relembrar histórias de sua infância que fizera questão de esquecer, embarcando em uma jornada pessoal de reencontro com seu passado e mergulhando em uma viagem cheia de surpresas e fortes emoções para trazer sua garotinha de volta.

Sobre o Livro:

Lázzuli é uma garotinha que sempre foi bastante próxima do seu avô Guido e agora após três anos do falecimento do avô, está tendo que lidar com a saudade constante, com seu pai querendo vender a antiga casa de Guido e também com os mistérios que cercam essa família. Yan, seu pai também está vendo sua vida se transformar, mas não sabe bem o porque já que boa parte dos mistérios foram esquecidos por ele conforme foi crescendo e perdendo aquela visão pura e fantasiosa da vida. Então com toda esta trama, muito bem elaborada, temos o desaparecimento de Lázzuli, que está correndo um grande perigo em um mundo onde podemos encontrar: duendes, fadas, ogros, elfos, bruxos e outras criaturas fantásticas. Yan então terá que mergulhar em uma viagem de volta a infância e recordar antigos segredos.

O livro já na primeira página, tem um ar acolhedor e vai nos envolvendo de forma natural. A leitura é muito agradável, flui bem e cada página lida, surge em nós aquela ansiedade misturada com ansiedade de conhecer logo a história e os antigos acontecimentos de acordo com os diálogos. A personagem Lázzuli representa muito bem uma menina pura, gentil, amável e nos cativa tanto que me peguei diversas vezes roendo as unhas conforme a menina trilhava sua jornada.

Encontramos também uma critica no livro que enfatiza muito bem que; uma criança não deve ser nada além de uma criança, que tenha momentos para brincar,  que possa desfrutar da imaginação e ter apoio da família ao invés de se jogar no mundo digital, perdendo o olhar infantil e crescer rápido demais.  O autor tem características muito fortes na escrita nos mostrando bem seu ponto de vista, o que a história propõe e sempre expondo tudo de forma clara e de fácil entendimento, nos deixando com nostalgia e nos fazendo pensar.   É uma história linda, que cativa com cenas emocionantes onde encontramos bastante aventura e magia, retratando sempre a força do amor, o poder da família, a importância de ser criança e a coragem de acreditar no que quiser sem se importar com julgamento dos outros. 

A história é linda, é aquele tipo de livro que mesmo depois de ter lido a um bom tempo, você olhar para a capa e lembra de cada detalhe da história e se sentir satisfeita com tudo entregue. A capa do livro está incrível nos passando bem a personagem Lázzuli e dando cara a personagem. 

Não preciso falar mais nada além de que guardei o livro no coração! Agora pergunto...e você tem coragem de enfrentar o julgamento dos outros pelo que acredita ser possível ou apenas terá a visão de que em meio a adversidade, seu lado infantil deve ficar de lado e ser esquecido? Lhe convido para decidir isso lendo Os olhos de Lázzuli e tirar suas próprias conclusões sobre o livro, como se estivesse tomando uma boa xícara de chá. 

Palavras do autor:

Atualmente, vivemos em um mundo onde as coisas mais simples da vida acabaram perdendo seu valor. Com isso, fechamos os olhos para tudo aquilo que verdadeiramente importa: o amor, a família, a amizade e tudo aquilo que nos faz ser quem realmente somos. Olhos de Lázzuli não é apenas  uma história de ficção e fantasia, mas uma linda mensagem que vai mudar a maneira com que olhamos o mundo e vivemos a vida. Venha se divertir, se emocionar e conhecer Sial, um lugar no qual somente os corações mais puros podem desfrutar. Embarque nessa aventura singela e doce, como as receitas do velho Guido. - Paulo Vitor Vasconcellos.

 
Você encontra o livro clicando no link abaixo:
Loja Virtual Scortecci


Você encontra o autor clicando nos links a baixo:
Facebook SkoobYoutube 

Você encontra a Editora clicando no link a baixo: 

15 comentários

  1. Adorei, parece ser um livro muito bom... estou curiosa agora haha beijos
    amorliterarioblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa, como mãe tento o equilíbrio entre o que vivi como crianças e o que é oferecido as crianças de hoje. Livros assim são ótima fonte de ajuda pra tentar entender um pouco mais, adorei!! Obrigado pela dica maravilhosa!! ~Elis Blog Pretenses

    ResponderExcluir
  3. Fiquei curiosa. Gosto bastante de livros que são leves e conseguem transmitir a mensagem que foi passada. São os melhores tipos de livros.
    Beijos.

    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  4. Que história interessante, misturando fantasia e relacionamento familiar. Sua resenha nos transporta ao mundo da pequena Lázzuli e nos faz querer saber mais. Parabéns!
    danuzaeoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Não havia ainda ouvido falar desse livro, mas senti, por sua resenha, que há grandes lições de vida nele. Vai para a lista 💕💕💕.

    ResponderExcluir
  6. Não havia ainda ouvido falar desse livro, mas senti, por sua resenha, que há grandes lições de vida nele. Vai para a lista 💕💕💕.

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bom?
    Fiquei com uma sensação de que essa história deve ser ótima de se ler. Não conhecia, mas fiquei com vontade de ler. Otima resenha e eu adorei a capa tambem!
    Beijos, Yasmim.

    Blog: http://literarte.blog.br
    Insta: instagram.com/blogliterarte/

    ResponderExcluir
  8. Oii, adorei o enredo, sem dúvidas parece ser super interessante. Adoro livros que tem crianças entre os personagens, pois são sempre leituras que trazem ensinamentos e aqueles sentimentos bons de infância aos leitores.
    Adorei a resenha e a capa
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  9. Olá, Jacque!
    Que livro mais lindo! Adoro histórias que nos transmitam bons pensamentos e que carregaremos para a vida.
    Lendo a resenha, me deu uma sensação de nostalgia dos livros que eu lia na infância. Amei demais isso ❤

    Beijo, beijos
    relicariodehistoriasma.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Amo livros com crianças:). Sempre nos ensinam algo de um modo tão singelo. E essa mistura de fantasia e família deve ser maravilhosa. Quero ler!
    E que capa linda!
    Parabéns pela resenha!
    Bjo
    ~ Danii
    clubedofarol.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Ai que lindoooo, já me encantou e já quero muito ler esse livro.
    Amo estórias assim, que faz a gente refletir. Adorei sua resenha, está maravilhosa. Bjus.

    ResponderExcluir
  12. Uma bela história! Prende a atenção de jovens de todas as idades. Uma ótima dica de presente! Recomendo. Lúcia Vasconcelos.

    ResponderExcluir
  13. Primeiramente para mim ficou linda! Acho que o livro tem uma bela história, não o conhecia e fiquei interessada em lê-lo.

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Que capa criativa!! Adorei sua resenha. Parece um livro muito interessante. Obrigada pela dica. Bjs!!

    ResponderExcluir
  15. Own... Eu amei cada pedacinho desse livro. Começando pela capa. E o autor tbm, já que tem Vasconcellos no nome como eu. O livro é maravilhoso, me remeteu a minha infância, quando podíamos brincar do q quiser sem se importar com nada. Obrigada Paulo por essa história encantadora.

    ResponderExcluir

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger