Advertisement

Image Map

[Resenha] A Garota do Calendário: Maio.

[RESENHA] A garota do calendário: maio.


Livro: 
A Garota do Calendário: Maio.
Autor: Audrey Carlan.
Ano de Lançamento: 2016
Número de Páginas: 144
Série: A garota do calendário, #4 livro / Calendar Girl.
Editora: Verus
Classificação: 
possui cenas de sexo, +18.







Sinopse: 

 O quinto volume do fenômeno editorial nos Estados Unidos, com mais de 3 milhões de cópias vendidas Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Em maio, Mia vai trabalhar como modelo no Havaí, onde conhecerá Tai, um dos homens mais impressionantes que ela já viu. Com ele, Mia vai descobrir que o prazer não tem limites — e que ela deve aproveitar absolutamente tudo o que a vida tem a oferecer.



Sobre o Livro: 

Neste mês Mia  Saunders será uma modelo de biquínis no Havaí e não terá tanto a participação de quem a contratou, deixando a dinâmica diferenciada.

A pegada do livro será diferente e este livro será fundamental para Mia se encontrar e refletir sobre o que quer, afinal nossa protagonista se ver aos 25 anos e sem perspectiva sobre o que irá  fazer da sua vida depois que sua jornada como a garota do calendário acabar. Então o livro deste mês acaba sendo uma das partes providencial desta história.

Nele temos mais a participação, interação e descobrimos um pouco mais sobre a irmã de Mia , sua melhor amiga Gin e também podemos conhecer um novo personagem bastante interessante chamado Tai.

Tai é um modelo samoano que será o parceiro de Mia na exibição de roupas moda praia, ele é um personagem único e a relação de "amizade" entre ele e Mia acabará ajudando um ao outro, pois Mía passa a olhar melhor seus sentimentos, seu passado, sua jornada e as pessoas que conheceu fazendo assim o crescimento do personagem e a fortalecendo.

O livro está muito sexual e sentimental, abordará assuntos como sexo casual, amizade colorida e nos mostrará um pouco da cultura do personagem Tai e seus valores. A escrita continua fluida e comparado ao anterior o nível tornou a subir, fazendo que a leitura nos prenda a história e deixando o livro muito fácil e rápido de ler. As características da escrita de Audrey deixam a serie toda empolgante. 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger